Pacotes | Feiras
Pacotes Internacionais
Nos passos da Virgem Maria
dia 30 de Jul/13
Vivencie uma jornada espiritual de descoberta e reafirmação pessoal, enquanto segue a vida de Maria, mãe de Jesus, na paisagem bíblica na qual ela viveu, regozijou, e sofreu.
Local: Israel 

Peregrinação na Terra Santa:
Nos passos da Virgem Maria




Vivencie uma jornada espiritual de descoberta e reafirmação pessoal, enquanto segue a vida de Maria, mãe de Jesus, na paisagem bíblica na qual ela viveu, regozijou, e sofreu.

Dia 1
Chegada ao Aeroporto Internacional Ben Gurion. Encontro no local com um representante da Amiel Tours. Traslado para o hotel em Tel Aviv. Pernoite em Tel Aviv

Dia 2
Café-da-manha buffet. Saída a uma breve visita da Cidade de Tel Aviv- Jaffa. Foi aqui que Pedro trouxe Tabitha de volta do mundo dos mortos e quando em casa de Simão, o curtidor, Pedro profetizou a visão dos animais puros e impuros. (II Crônicas 2:15, Jonas 1:3-17, Atos 9:36-42;) Visita ao porto de Jaffa, de onde saiu Jonas, que foi engolido por um grande peixe e local da casa de Simão. Passeio panorâmico por Tel Aviv-Yafo (como é chamada em Israel), para admirar o lugar onde aconteceu a visão de Pedro. Continuação pela rota costeira até Cesárea, onde se visita o Teatro Romano, a Cidade Cruzada e o Aqueduto. Continuaremos até Haifa ao Mosteiro de Stella Maris, dedicado à Virgem Maria no seu papel de "Nossa Senhora, Estrela do Mar" (Stella Maris, em latim).
Pernoite em Galiléia.

Dia 3
Café-da-manha buffet. Saída até Cafarnaum - O centro da Galiléia onde Jesus ministrou. Jesus viveu aqui durante um período substancial curando os enfermos, pregando na Sinagoga e fazendo milagres. Veremos a Igreja Ortodoxa Grega, o Mosteiro Franciscano e a Igreja Católica Romana de São Pedro. No almoço, o famoso “peixe de São Pedro”, pescado no Mar da Galiléia, e depois O Monte das Bem-Aventuranças, cenário do Sermão da Montanha.  Visita de Tabgha, local da Multiplicação dos pães e dos peixes.Desfrute de um passeio de barco através do Mar da Galiléia - o mar em que Jesus andou. Vamos viajar através do Mar da Galiléia e chegar a Yardenit, o local onde o rio Jordão deixa o lago. Este local é um local tradicional de batismo onde os peregrinos de todo o mundo vêm para renovar o seu batismo nas águas que fluem do rio sagrado Jordão. Continua-se bordeando o Mar da Galiléia até a antiga Magdala, na costa noroeste do Mar da Galileia, foi uma cidade importante nos dias de seus cidadãos mais famosos, Maria Madalena. Pernoite em Galiléia.

Dia 4
Café-da-manha buffet. Saida até Caná. Maria esteve presente na festa de casamento em Caná, cena do primeiro milagre de Jesus, onde ele transformou a água em vinho (João 2:1-11). Seguiremos até Nazaré, a cidade que foi a vila onde Jesus foi criado. A Basílica da Anunciação contém a gruta onde, de acordo com a tradição, o anjo Gabriel apareceu para a Virgem Maria (Lucas:26-35). O Centro Internacional Maria de Nazaré próximo dali preserva os importantes e recentemente descobertos restos da moradia de uma família, datados do período do 1o século. Não longe dali, o chafariz na Fonte da Virgem Maria (O Poço de Maria) provavelmente marca o lugar onde Maria tirava água para a Família Sagrada.  Seguiremos até a antiga cidade de Séforis (Zipori), hoje em dia um parque arqueológico nacional, foi o local de nascimento de Maria – uma tradição comemorada no moderno e franciscano Mosteiro de Santa Ana e São Joaquim. Continuamos até Monte Tabor – Igreja da Transfiguração. Pernoite em Galiléia

Dia 5
Café-da-manha buffet. Viajem pelo Vale do Jordao ate Beit Shean. Visita das excavacoes arqueologicas. Parada em Beit Alpha para ver o belo mosaico no piso da antiga sinagoga. Continuaremos Via Jerico, a cidade mais velha do mundo. Vista do Monte das Tentações e do Mar Morto. Se sigue atravesando o Deserto da Judea ate Jerusalem. Pernoite em Jerusalem.

Dia 6
Café-da-manha buffet. Saída até o Monte das Oliveiras; Caminho do Batismo; Capela da Ascenção; Igreja do Padre Nosso; Igreja Dominus Flevit; Basílica Getsêmani e Gruta; O Cenáculo (a “Sala Superior”) - uma sala do século XIV em uma pequena estrutura de dois andares, dentro de um grande complexo de prédios no topo do Monte Sião - comemora o lugar onde Jesus teve a Última Ceia com os seus discípulos. Ele também está associado a uma tradição anterior, no mínimo do século IV, de que este era o lugar (ou a vizinhança) onde os discípulos se juntaram a Virgem Maria e outros da comunidade depois da morte de Jesus (Atos 1:14) - e onde eles vivenciaram a descida do Espírito Santo no Pentecostes (Atos 2:1-4).  Abadia de Hagia Maria Sion no Monte Sião (conhecida formalmente como a Abadia da Dormição) foi consagrada em 1910. Ela foi construída em uma parte do sítio da antiga basílica bizantina Hagia Sion, e uma posterior igreja da época das cruzadas, Santa Maria do Monte Sião. Um templo na cripta é dedicado à Dormição. Viagem à Belém. Igreja da Natividade  e Gruta; Gruta do Leite; Campos de Shepherd; Tumba de Rachel. Retorno à Jerusalém. Pernoite em Jerusalém.

Dia 7
Café-da-manha buffet. Saida até o sítio arqueológico de Qumram, onde viviam os Essênios e com quem viveu João Batista. Lá foram encontrados os famosos pergaminhos do Mar Morto.
Utilizando o teleférico, visita à fortaleza Massada -Que foi palco dum dos mais importantes acontecimentos para a história dos Judeus que decidiram que preferiam morrer a ser escravizados ou mortos pelos romanos. Mar Morto:  é o ponto mais baixo da Terra (417 metros abaixo do nível do mar, para ser exato). A quantidade de água que evapora dele é maior que a água que entra, ou seja, é o corpo de água com a maior concentração de sal no mundo (340 gramas por litro). Faremos uma parada obrigatória na fábrica de produtos de beleza Ahava. Passaremos pela Pousada do Bom Samaritano; Pernoite em Jerusalém.

Dia 8
Café-da-manha buffet. Saída até o Templo do Monte onde os não muçulmanos só podem ver, sem entrar, a Cúpula da Rocha e a Mesquita de Al-Aqsa. A Igreja de Santa Ana (Tanque de Betesda) do século XII foi construída em volta do local que, de acordo com a tradição bizantina, nasceu a Virgem Maria. A Via Dolorosa começa perto do arco de Ecce Homo no Quarteirão Muçulmano, e termina na Igreja do Santo Sepulcro, no Quarteirão Cristão. Das quatorze estações, quatro estão conectadas de forma direta ou indireta à Virgem Maria, que estava presente e testemunhou a provação. A Igreja do Santo Sepulcro contém diversos relicários dedicados a Virgem Maria, incluindo uma imagem de Maria, Nossa Senhora das Dores (Mater dolorosa). Pernoite em Jerusalem.
 
Dia 9
Café-da-manha buffet. Visita ao Museu de Yad Vashem, o principal centro de Israel para a recordação e a educação sobre o Holocausto está situado entre os verdes declives do Har HaZikaron (O Monte da Recordação) em Jerusalém. Museu do Livro, considerado como um dos museus mais importantes do mundo em artes e arqueologia e onde podemos apreciar uma grande maquete de Jerusalém do período do Segundo Templo.
Ein Karem o local do nascimento de São João Batista, e o lugar onde seus pais, Zacarias e Isabel moravam. O Novo Testamento conta da visita de Maria à Isabel enquanto ambas estavam grávidas (Lucas 1:39-56). Vários lugares na vila estão associados àquela visita. A Fonte de Maria, uma fonte e chafariz no centro da antiga vila. De acordo com a tradição, foi alí onde Maria e Isabel se encontraram, e da onde Maria bebeu.
Pernoite em Jerusalem. 

Dia 10
Traslado para o Aeroporto Internacional de Ben Gurion e embarque para o Brasil.


Solicite sua Reserva ou maiores Informações
Nos passos da Virgem Maria

Para:
Seu Nome:
Seu E-mail:
Fone
Assunto:

Mensagem: